Aqui não Passaram! O Erro Fatal de Napoleão


Neu

Aqui não Passaram! O Erro Fatal de Napoleão

Artikel-Nr.: H.Por.2

Auf Lager

24,95 €
24,95
Preis inkl. MwSt., zzgl. Versand
Versandgewicht: 0,62 kg


No âmbito das comemorações dos 200 anos das Invasões Francesas, o general Carlos de Azeredo descreve neste livro a acção das forças portuguesas durante a 2ª Invasão, comandada por Soult, para cuja derrota foi determinante a reacção popular a norte do Douro. Em manobras sucessivas, o general Silveira obrigou Soult a empenhar cinco Brigadas sobre a linha do Tâmega, num total de 9 mil homens, ou seja, mais de 42% dos seus efectivos (21 mil homens).

Tal situação impediu o avanço sobre Lisboa, planeado por Napoleão. Uma pesquisa cuidadosa das fontes nacionais e estrangeiras vem esclarecer, de modo decisivo, o papel das forças portuguesas no desgaste e no retardamento do exército invasor, que permitiu o avanço das tropas de Wellesley e a derrota dos franceses. Citando o maior historiador francês da época – Louis-Adolphe Thiers – o autor demonstra que as Invasões de Portugal foram “o começo dos maiores erros e das maiores infelicidades do reinado de Napoleão”, um erro fatal que o precipitou “numa queda espantosa”. Carlos Manuel de Azeredo Pinto Melo e Leme nasceu a 4 de Outubro de 1930. Oficial da Arma de Cavalaria, serviu na Índia, Cabinda e Guiné, entre 1954 e 1974. Dirigiu o planeamento e comandou o Movimento Militar de 25 de Abril de 1974, no Norte de Portugal. De Maio de 1974 a Setembro de 1976, foi Governador Civil do Distrito Autónomo do Funchal e Governador Militar da Madeira. Leccionou no Instituto de Altos estudos Militares e foi assessor do Primeiro- -Ministro Dr. Francisco de Sá Carneiro. Como General, foi Director da Arma de Cavalaria e Comandante da Região Militar do Norte. Entre 1 de Dezembro de 1988 e 9 de Março de 1996, chefiou a Casa Militar do Presidente da República, Dr. Mário Soares. Concorreu à presidência da Câmara Municipal do Porto, onde foi vereador, durante os quatro anos do mandato. Posteriormente, foi presidente da assembleia Municipal de Baião, pelo PSD. Foi condecorado com a Cruz de Guerra de 1ª Classe, duas medalhas de Serviços Distintos, ouro e prata com palma, as Grã-Cruzes das Ordens de Cristo e de Avis, do Império Britânico e outras. É comendador da Ordem de Nª Sra. da Conceição de Vila Viçosa e da Legião de Honra, e Cavaleiro de H. D. da Soberana Ordem Militar de Malta.

 

ISBN 972-26-2224-2

EAN 9789722622240

308 páginas

Capa Mole|150 x 235 mm

Diese Kategorie durchsuchen: História de Portugal